script as a service

Acho que foi com o rvm.io que tive o primeiro contato com script como serviço. Mas foi instalando e configurando o GitLab “trocentas” vezes, que me levou a evoluir os tutorias de instalação de ferramentas que usamos no trabalho para algo mais prático que ctrl+c e ctrl+v intermináveis, fora o risco de esquecer de executar alguma linha do roteiro e levar o processo pro “beleléu”. Com o ensinamento de um velho camarada onde ele diz que nossos scripts devem virar programas, usei a filosofia do seja burro e preguiçoso mais uma vez.

Já havia criado ferramentas para usuários sem experiência em administração de sistemas, mas precisávamos ser mais efetivos na hora de prover e manter os scripts. Queremos que profissionais de TI com conhecimentos básicos de infraestrutura possam instalar e configurar ferramentas Open Source que, às vezes, precisam ser compiladas e instaladas no sistema operacional (um trabalho maçante, confesso).

Então iniciamos com a instalação personalizada das ferramentas, usando shell script e dialog como interface do usuário:

tools-installer-manual

Com o tempo, vimos que usuários experientes precisavam de algo mais prático ainda do que ficar preenchendo caixas de texto no console Linux. Então a ferramenta foi ajustada para ler receitas (baseado em fatos reais).

tools-installer-automatic

Atualmente, provemos suporte para as distribuições Linux Debian, Ubuntu e CentOS e se você começar a usar e encontrar algum erro ou sugestão de melhoria, fique à vontade e crie um ticket. Bem, conseguimos transformar nossos tutoriais em executáveis. Os usuários não precisam “baixar” os scripts, basta estar conectado à Internet e ter instalado a ferramenta curl na distribuição Linux suportada e correr para o abraço. Já estamos colhendo frutos e ajudando outras empresas. Reduzimos, consideravelmente, os chamados para a “galera do suporte” e estamos nos concentrando em assuntos mais estratégicos.

Um exemplo de como eram nossos tutoriais, com suporte apenas para Ubuntu Linux

instalacao do java - antes

E agora, depois de tomar herbalife

instalacao do java - depois

A dica para você instalar sem medo as ferramentas é ter o VirtualBox e Vagrant instalados. Quando estiver confiante, instale em ambientes reais. Tem um script que instala os boxes das distribuições que usamos para homologação.

Segue o link do site da ferramenta para utilizá-la e a url do repositório git para explorar o código fonte, caso tenha interesse.

Créditos da imagem para John Maida.

É isso aí, moçada. Até a próxima!

GitLab – Belo, recatado e do lar

Falou em Git, você pensa logo em Github, certo? Se a resposta for sim, então não confunda mais o sistema de controle de versões distribuído Git e a rede social de código fonte mais famosa do mundo, o Github. A maioria dos projetos Open Source estão hospedados lá, várias organizações e pessoas possuem seus projetos privados também guardados por lá, pagando alguns dólares por mês, pois a galera do Github também precisa se alimentar e pagar suas contas.

Continuar lendo

O que foi bom, o que foi ruim e o que pode melhorar?

Umas das cerimônias mais importantes do framework Scrum é a Retrospectiva. É nela em que o time poderá rever onde errou e acertou, sugerir melhorias com um plano de ação.

Quando ela ocorre?

Deverá sempre ser realizada no final da Review  e antes da Planning, ou seja, no final da Sprint.

Qual o tempo?

Em 3 horas para uma Sprint de 1 mês, ou seja, se você tem uma Sprint de 1 semana +- 1h e 30 minutos. É preciso ter um tempo sempre firmado com a equipe para que a reunião seja objetiva e não perca seu foco.

Continuar lendo

Precisamos criar opções, não regras!

opções google

  Normalmente construímos nossas vidas em torno de regras: “Não gosto de lugares desse tipo porque são SEMPRE barulhentos”, “Não gosto de negociar com mulheres porque elas NUNCA entendem”, “Eu JAMAIS vou fazer isso ou aquilo”.  Aí um belo dia você se priva de uma boa companhia no lugar “x” que para você todos desse tipo são barulhentos, quando na verdade você nem conhece o lugar. Perde grandes negócios porque criou um pré-conceito com as mulheres, e se vê impossibilitado de fazer algo que quer muito hoje, porque um dia disse que NUNCA o faria. Continuar lendo