Comunidade é mais importante que visibilidade

Desde cedo aprendi que saber inglês era importante na minha carreira de computação. Melhores livros, blogs, maior variedade de canais no YouTube, até documentação oficial; conhecemos o inglês como a língua universal. Depois de um tempo tornou-se orgânico, falar termos e expressões, escrever notas pessoais e em algum ponto deixei de produzir conteúdo em português. Eu que participava de grupos de tradução e localização, traduzindo manuais do Debian em 2005, passei a escrever em inglês pela visibilidade.

E queria frisar essa palavra, visibilidade. A quem eu quero alcançar escrevendo em inglês? Será que já não existe informação o suficiente? Recentemente percebi que estava fortalecendo uma comunidade que não precisa de ajuda, enquanto a minha própria está esquecida e carente.

É justo exigir conhecimento numa língua estrangeira pra um conterrâneo ler meus artigos? Hoje eu acho que não. Hoje eu quero incluir e não excluir. Ou melhor, quero incluir minha comunidade, mesmo que isso signifique a exclusão das outras.

No campo da computação, onde tecnologias vem e vão com velocidade absurda, vejo com frequência projetos que tornam-se obsoletos antes que tenham uma comunidade consolidada no Brasil, antes de ter bons livros traduzidos e isso não é bom. Mostra um pouco de atraso da nossa parte. Mas a causa desse atraso é a falta de competência local? Nem um pouco.

Por último, têm-se a errônea sensação de que qualquer coisa (e aplico a palavra coisa de forma intencional, num sentido amplo mesmo) produzida lá fora é melhor do que temos aqui. Afinal, o Brasil só exporta futebol, carnaval e praias. Precisamos quebrar esse triste complexo de vira-lata, valorizando os profissionais locais no intuito de reduzir a fuga de cérebros.

Perceba que cada indivíduo  pode contribuir na formação dos profissionais ao seu redor. A própria comunidade Tá Safo! está na batalha há dez anos, promovendo eventos e disseminando conhecimento na terra papa-chibé através do blog que vos escrevo . E você, prefere ajudar a sua comunidade local ou registrar mais pageviews?

Anúncios

4 comentários sobre “Comunidade é mais importante que visibilidade

  1. Mas se saber outro idioma é algo necessário pra nossa formação, escrever conteúdo em inglês não seria uma forma de incentivar nossa comunidade a se adequar aos padrões?

    Curtir

  2. Fala Hiago!

    Aprender outro idioma é importante sim mas por que você acha que a comunidade deveria se adequar aos padrões de outros? Até mesmo porque nós possuimos nossos próprios padrões. Você observa isso em todos os níveis, inclusive culturalmente. Identidade cultural é importante sim.

    Curtir

  3. Olá Willian!

    Eu também consumo muita informação em inglês, mas confesso que fico mega feliz quando acho bons textos sobre tecnologias ou metodologias de gestão de desenvolvimento em português. Ainda mais quando tem uma pontinha de experiência própria ou dicas que são muito mais próximas da minha realidade. Muito interessante seu ponto de vista.

    Curtir

O que tu achas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s