CoreML: Deep Learning embarcada – e em tempo real – no seu iPhone

Você que já conhece sobre este tema, talvez tenha achado o título bastante otimista. Bem, essa é a idéia! Para você que gostaria de entender mais sobre o assunto, seja muito bem vindo e qualquer dúvida fique à vontade para entrar em contato comigo, pelos comentários.

Captura e identificação de objetos usando o modelo MobileNets

Continuar lendo

Anúncios

Kotlin: Parte I – A nova linguagem para desenvolvimento Android

No dia 17 de Maio, durante o keynote do I/O 2017 – o maior evento onde a Google apresenta as novidades dos seus produtos, plataformas e serviços – foi anunciada uma excelente surpresa para nós androiders: Kotlin será oficialmente a nova linguagem de desenvolvimento Android.

Mas porque a Google adotou essa estratégia com uma linguagem que tem apenas 6 anos de idade em detrimento de Java, que existe há várias gerações? Ainda vai ser possível desenvolver apps Android em Java? Qual explicação para essa meteórica ascensão de Kotlin?

Continuar lendo

Utilizando o Open Street Map em seus projetos

Em capítulos anteriores, falei um pouco do uso de aplicações fora do mainstream. Tem um danado que preciso falar um pouco mais, o Open Street Map (OSM). Já tinha ouvido falar de várias incursões do povo para mapear locais à pé, de bicicleta e barco para alimentá-lo. É uma plataforma robusta e séria para websites, aplicativos móveis e dispositivos de hardware, apoiada por instituições e empresas ao redor do mundo. Exemplos grandes de uso são Apple e Flikr e o aplicativo de mobilidade urbana Moovit. O @willianpaixao me deu o papo que o Uber utiliza o serviço como data provider.

Continuar lendo

Comunidade é mais importante que visibilidade

Desde cedo aprendi que saber inglês era importante na minha carreira de computação. Melhores livros, blogs, maior variedade de canais no YouTube, até documentação oficial; conhecemos o inglês como a língua universal. Depois de um tempo tornou-se orgânico, falar termos e expressões, escrever notas pessoais e em algum ponto deixei de produzir conteúdo em português. Eu que participava de grupos de tradução e localização, traduzindo manuais do Debian em 2005, passei a escrever em inglês pela visibilidade.

Continuar lendo

Inscrições abertas: Agile Brazil 2017

Aviso importante para toda Comunidade Ta Safo!: “As inscrições para a Agile Brazil 2017 estão abertas…”. Como todos já devem estar sabendo, este ano a Maior Conferência de Métodos Ágeis da América Latina ocorrerá pela primeira vez no Norte do país, na nossa querida terrinha, Belém do Pará,  nos dias 13, 14 e 15 de Setembro no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, onde também será comemorado oficialmente os 10 anos da Comunidade Tá Safo!.

Continuar lendo

Submeta sua proposta para a Agile Brazil 2017

Olá, Comunidade!

Acredito que todos já estão sabendo que, nos dias 13, 14 e 15 de Setembro, Belém – a metrópole da Amazônia – receberá a Agile Brazil, a maior conferência de Agilidade da América Latina. Bacana né?! E também já devem ter te contado que é a primeira vez que será realizada no Norte do Brasil. O local será no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. E você nem sabe o mais legal: nós da Comunidade Tá Safo! estamos como co-organizadores! E justamente no ano que comemoramos 10 anos de existência, vamos cantar parabéns no dia do evento e todos estão convidados.

Continuar lendo

Papo de Infra: Quando eu cheguei aqui era tudo mato

aka “como a cultura DevOps tem transformado a forma de desenvolver e entregar software”.

Quando comecei a desenvolver software, a entrega era feita com um moderno FTP. O controle de versão era feito compactando o diretório com diferentes nomes. O teste era fazer o cliente usar a última versão e dizer que estava funcionando. O servidor Web era compartilhado, rodando um CPanel que controlava um LAMP no qual eu tinha poucas permissões.

fz3_linux_main

“deploy” com FileZilla em 2005.

Continuar lendo