Tá Safo! visita Chaordic

IMG-20141105-WA0009

Selfie na Chaordic: Fábio Lima, Joel Marques, Anderson Nielson, Marcus Paulo, Fernanda Melina e Ramon Rabello (Esquerda para direita)

Aproveitando a ida da Comunidade Tá Safo! ao Agile Brazil desse ano, que aconteceu em Florianópolis, conseguimos agendar uma visita à Chaordic, facilitada pelo nosso amigo Jaime Schettini. A visita ocorreu dia 05 de novembro. Fomos recepcionados por Anderson Nielson (Peopleware Director) e, logo na chegada, ficamos surpresos. Na sala de recepção, havia um armário colorido e sapateiras. Estranho, não?! Futuramente explicarei a história do porquê.

Continuar lendo

Diário de um projeto: PCMobile

Dando sequência à série “Diário de um projeto”, apresentamos agora a história do primeiro aplicativo Android criado pela Comunidade Tá safo: o Palestras Coletivas Mobile, ou simplesmente PCMobile.

PCMobile é o cliente móvel para a plataforma Palestras Coletivas.  O objetivo do projeto é trazer o usuário informado sobre as atualizações de eventos de tecnologia, palestras e workshops que estejam acontecendo na cidade, divulgadas pelo site Palestras Coletivas.

Tela do Palestras Coletivas Mobile

Palestras Coletivas Mobile no Google Play

Motivação histórica

Muito além de buscar ser uma solução para um problema real, todo o esforço de criação da plataforma Palestras Coletivas e abertura de seu código-fonte também representou uma injeção de ânimo e uma motivação para resgate do espírito de colaboração mútua e compartilhamento de conhecimento que era comum nos primórdios da comunidade Tá safo.

Continuar lendo

Diário de um projeto: Palestras Coletivas

Você algumas vezes já sentiu estar fazendo algumas coisas no automático, sem saber exatamente porque você as faz?

O Tá safo inicia aqui uma nova série de artigos sobre os projetos da comunidade para apresentar como e porque eles surgiram, as discussões que motivam suas evoluções e os detalhes técnicos que podem balizar como os mesmo estão evoluindo.  Neste primeiro artigo, apresentamos o Palestras Coletivas.

O Palestras Coletivas é a plataforma online para marcação e divulgação de eventos relacionados à tecnologia em geral do Tá safo!

Homepage do Palestras Coletivas

Palestras Coletivas

Motivação histórica

Para entender um pouco melhor o contexto da criação do Palestras Coletivas é necessário compreender brevemente um pouco da própria história do Tá safo!

Continuar lendo

Product Backlog Building

Product Backlog Building [RESUMO].002

Scrum é uma metodologia ágil para gerenciamento de produtos, baseado em desenvolvimento iterativo e incremental. O seu ciclo inicia com uma lista de funcionalidades desejadas para o produto, priorizada pelo cliente, então o time escolhe as funcionalidades que se compromete em desenvolver, geralmente em uma iteração de 2 a 4 semanas.

Podemos notar que esse ciclo é bem definido, tendo como ponto de partida o Product Backlog, mas o Scrum não tem nenhuma definição de como construir um Backlog. Sempre nos deparamos com as perguntas:

1. Como chegar ao Backlog?
2. Como construir algo que tenha valor?
3. Como encontrar a real necessidade do cliente?

Tentando responder essas perguntas, depois de diversas experiências em vários clientes, nasceu o “PBB – Product Backlog Building”. O PBB tem como principal objetivo ajudar na construção de um Backlog de forma compartilhada, construindo um entendimento compartilhado, levando todos os envolvidos a um entendimento alinhado do domínio do negócio, ou seja, todos compreenderem o contexto do negócio.

Continuar lendo

Entrega Contínua com Ruby on Rails, GitHub, Code Climate, Travis CI e Heroku

Não se espante com a quantidade de tecnologias que o título do artigo expõe, pois é apenas a linha de frente de um arsenal de ferramentas que executam nos bastidores de cada plataforma. O que veremos a seguir é apenas um passo a passo de como podemos implementar um ambiente automatizado para publicar uma aplicação na web, de ferramentas muito utilizadas na comunidade Open Source mas que algumas pessoas ainda não conhecem.

Entrega Contínua

No livro Entrega Contínua – Como Entregar Software de Forma Rápida e Confiável, Jez Humble e David Farley falam do objetivo como profissionais de desenvolvimento, que é de entregar software útil e funcional aos usuários o mais rápido o possível. Os autores citam alguns antipadrões comuns de entrega de versão como:

  • Implantar software manualmente
  • Implantar em um ambiente similar ao de produção somente quando o desenvolvimento estiver completo
  • Gerência de configuração manual dos ambientes de produção

Eles descobriram que para alcançar o objetivo da Entrega Contínua – tempo de ciclo curto e alta qualidade – precisamos entregar versões frequentes e automatizadas de nosso software. A entrega rápida também é importante porque permite que você descubra quais correções e funcionalidades implementadas de fato são úteis. Para mais detalhes, acesso o recurso Entrega Contínua.

Continuar lendo

Gestão Visual

Um imagem em uma cartolina, com alguns post-its em sua empresa pode ser mais eficiente do que qualquer software que gere “n’s” relatórios com gráficos complexos que nem todo mundo sabe interpretar.

mulher-post-it-33278

O termo “Gestão Visual” é um sistema com diferentes técnicas de planejamento e melhoria contínua, que nos permite com um simples olhar, saber a situação atual dos projetos apoiando a alta gestão e integrando de uma forma colaborativa e transparente. No Kaizen é uma parte fundamental do famoso sucesso do Sistema de Produção ‘Just in Time’ da Toyota.

A “Gestão Visual” , vem nos permitir saber como andam as coisas na empresa, sem precisar perguntar para alguém ou mesmo consultar um computador. A informação está à alguns metros de distância, podendo estar em um simples post-it.

Segue algumas ferramentas que irão nos ajudar:

- Canvas;

- Kanban;

- Roadmap;

- Gráficos estatísticos;

- Diagramas de fluxo (Fluxogramas, Organogramas, Mapas de Fluxo de Valor e Mapas de Processo);

- Etc.

É importante ressaltar que não basta colocar um quadro de tarefas, uma cartolina colorida com informações dos projetos nas paredes da empresa. É preciso sim, que a equipe tenha o entendimento de cada recurso visual e que as equipes em conjunto com a gestão interajam em um fluxo contínuo de aprendizado e melhoria.

12-canvas-parede

Canvas

No canvas você vai direcionar para o equipe a visão de negócio do seu projeto. Existem vários modelos de canvas e você pode criar o seu de acordo com a necessidade da empresa.

Kanban

Kanban

No kanban você terá o fluxo de trabalho em tarefas, tornando transparente para a equipe e para a empresa a situação atual do projeto. Para o kanban também existem variações.

Roadmap

Roadmap

Com o Roadmap é possível você comunicar e planejar a visão de futuro para o produto que está sendo desenvolvido, nele você tem a visão geral do projeto com seus marcos de entrega, podemos chamar de linha de vida do projeto. A tomada de decisão da equipe com a gestão deve ser baseada no roadmap, o que antes ficava apenas no antigo gantt chart e visível apenas para a gerencia. Hoje fica transparente para toda a empresa.

Burndown

Burndown

Burndown normalmente é usando no uso do SCRUM com Kanban, com ele é possível analisar o progresso da equipe. O gráfico representa a quantidade de trabalho que falta ser feito no eixo vertical (y) versus o tempo no eixo horizontal (x).

Aqui apresentado são só alguns exemplos, mas no mundo da Gestão Visual a sua criatividade é que manda. Quanto mais transparente for o seu e o trabalho da equipe para a empresa, pode ter certeza que o feedback será mais frenético. Os problemas serão mais visíveis e as tomadas de decisões em conjunto com essas ferramentas tornará os times e a empresa mais integrada.

Recomendo:

- Video: A importância da Gestão Visual(Rodrigo de Toledo e Daniel Teixeira) https://www.youtube.com/watch?v=2CqzbVMeJdw (Palestra A Importância da Gestão Visual e como incluir um deficiente visual na gestão visual feita no Agile Brazil 2012)

- Video: Inclusão do deficiente visual na gestão visual(Daniel Teixeira)   https://www.youtube.com/watch?v=3fp7V-e62R8 (O vídeo expõem um caso no TRE-RJ, onde durante a adoção de métodos ágeis encontraram um obstáculo diferente do que se costuma encontrar. Carlos é um deficiente visual e trabalha como desenvolvedor, e aqui está uma parte da história de como estão conseguindo modificar as noções de gestão visual.)